Jônatas Conceição



JÔNATAS CONCEIÇÃO SILVA nasceu em Salvador, Bahia, no bairro de Engenho Velho de Brotas, no dia de Nossa Senhora da Conceição, 8 de dezembro no ano de 1952. Estudou somente em escolas públicas: concluiu o curso pedagógico no então ainda renomado colégio de formação para o magistério, ICEIA, para onde retornou posteriormente como professor. Cursou Letras Vernáculas com Francês no Instituto de Letras da UFBA, em Campinas começou um Mestrado em Linguística e retornou para a UFBA em 2002 a fim de realizar estudos de Mestrado e Doutorado em Literatura. No ano de 2004 foi aprovado em Concurso da UNEB para professor de Literaturas, tendo exercido as atividades docentes no campus de Euclides da Cunha.

Radialista, militante, poeta, membro da diretoria do bloco afro Ilê Aiyê , atuou Movimento Negro Unificado desde a sua fundação e foi um dos responsáveis pela edição do periódico Nego, Jornal do MNU. Pesquisador incansável das tradições culturais afrobrasileiras afirma na introdução de livro de sua autoria, Vozes quilombolas: uma poética brasileira, originário da sua dissertação de Mestrado: “Quando voltei a morar em Salvador, a partir de outubro de 1979, comecei a fazer a opção, a coisa certa, que as mesmas forças ocultas que me levaram para o ato do MNU, queriam que fizesse. Dedicar-me, completamente, para o processo de reconstrução e consolidação do Movimento Social Negro.”

Assim é que a partir dos fins década de 70, torna-se estudioso e pesquisador tanto da história do movimento negro quanto de produções criadas e/ou organizadas por artistas, intelectuais e escritores negros/as. Eram poucos os livros e jornais sobre o tema que ele não possuía ou não sabia onde encontrar e que generosamente compartilhava com quem se dedicava a investigar a temática.

Fonte: Artigo “Jônatas Conceição, um poeta afro-brasileiro“, por Florentina Souza, publicado na revista Letras de Hoje, v. 46, n. 4, p. 40-44, out./dez. 2011

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.