Centenário de Augusto Ruschi

O Instituto Nacional da Mata Atlântica realizou hoje um dia de atividades para dar início as comemorações pelo centenário de Augusto Ruschi.
20150605_1
Estiveram presentes entre diversas personalidades, o Governador do Epírito Santo Paulo Hartung, o Deputado Federal Paulo Foletto, a Deputada Estadual Luzia Toledo e o Prefeito Claumir Zamprogno que salientaram a importância dos trabalhos de Ruschi e da preservação ambiental.20150605_2

Em nome da SAMBIO, a Diretora Jurídica da entidade, Kemilly Betania Silva, fez a leitura de uma mensagem da Presidente Margareth Roldi, que não pode estar presente na parte da manhã das comemorações:

Fundada em 20 de junho de 1987 a SAMBIO vai completar 28 anos de existência. Entre seus objetivos está contribuir e apoiar as atividades científicas, culturais, históricas, preservacionistas e de geração de recursos do Museu de Biologia Professor Mello Leitão, atual Instituto Nacional da Mata Atlântica.

Neste sentido a atual Diretoria esteve à frente da luta para aprovação da Lei 12.954, assinada em fevereiro de 2014, que transferiu o Museu para o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação. E, atualmente, segue na luta para a aprovação do Decreto que incluirá o Instituto no organograma do MCTI e garantirá o uma estrutura funcional capaz de dar continuidade a missão do INMA.

Preocupados com a defesa e manutenção de valores históricos deixados por Augusto Ruschi, a SAMBIO vem propondo, que o novo organograma do Instituto Nacional da Mata Atlântica, esteja apoiado em dois grandes núcleos. Um deles, um Núcleo de Difusão Científica, que utilize o espaço físico já existente do Museu e que continue mantendo o nome de Museu Mello Leitão. Sendo este, responsável por dar continuidade aos trabalhos de divulgação da ciência e de cuidados com o meio ambiente, junto a estudantes e a população em geral e cuidando da Memória de Augusto Ruschi.

Os que estamos na atual gestão, não convivemos pessoalmente com Augusto Ruschi, mas tivemos contato com seu pensamento, pelos inúmeros trabalhos publicados por ele, no Boletim do Museu Mello Leitão, um das mais antigas publicações científicas do país e seguramente a mais antiga e importante do Espírito Santo, iniciada em 1949.

Neste sentido, a SAMBIO criou um site na Internet (www.boletimmbml.net) disponibilizando todos os volumes do Boletim produzidos por Augusto Ruschi, contribuindo desta forma para que ele seja conhecido e estudado de qualquer ponto do planeta. Neste site podem ser encontrados aproximadamente 200 artigos de Augusto Ruschi. Esta é uma grandiosa homenagem e contribuição para a preservação de sua memória, não só no seu centenário, mas, para toda a eternidade.

A SAMBIO, inspirada nas lutas de Ruschi, que percorria todo nosso estado em busca de áreas que pudessem ser protegidas para preservação da biodiversidade, vem também lutando para que a área comprada pela Prefeitura de Santa Teresa, para manutenção das nascentes que abastecem a cidade, seja transferida para o Instituto Nacional da Mata Atlântica, para que possa ser mais uma área voltada para a conservação em nosso município.

Desta forma consideramos a SAMBIO perfeitamente alinhados ao pensamento e as lutas de Augusto Ruschi, não apenas com a glorificação de seu trabalho, mas com a continuidade diária da luta que ele começou.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.