INMA – Demandas ao Ministro

À pedido da SAMBIO, a bancada capixaba agendou reunião com o Ministro de Ciências, Tecnologia e Inovação, para solicitar medidas que acelerem o processo de criação do Instituto Nacional da Mata Atlântica.

20140528_1

Esta reunião aconteceu hoje em Brasília. A SAMBIO, convidada para o encontro, não pode enviar um representante por falta de recursos, mas sentiu-se representada pelos presentes, que encaminharam suas reivindicações. A seguir apresentamos um breve relato e fotos do encontro, gentilmente enviados por Adriana Miranda, da assessoria de imprensa da Senadora Ana Rita.

Instituto Nacional da Mata Atlântica: demandas são apresentadas a ministro

A senadora Ana Rita (PT-ES) participou, nesta quarta-feira (28/5), de reunião com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCT), Clécio Campolina Diniz, para tratar do Instituto Nacional da Mata Atlântica (Museu de Biologia Professor Mello Leitão). Três demandas foram apresentadas: criação de um grupo de trabalho, orçamento e infraestrutura para a implentação do INMA. O decreto que regulamenta o instituto já está sendo preparado pelo Ministério e deverá ser publicado em breve. Segundo o ministro, a minuta do Decreto já foi enviada à Casa Civil, que está aguardando uma minuta do IBRAM para dar prosseguimento ao mesmo.

20140528_2

Participaram da reunião o reitor da Universidade Federal do Espírito Santo, Reinaldo Centoducatte; o docente, pesquisador e coordenador do programa de Pós Graduação em Biologia Animal da Universidade Federal do Espírito Santo Sérgio Lucena; o diretor do Museu, Hélio de Queiroz Boudet Fernandes, o vice-prefeito do município de Santa Teresa, Ziguimar Buss, o deputado federal Paulo Foletto (PSB-ES), um representante do gabinete da deputada federal, Iriny Lopes (PT-ES) e técnicos do ministério.

Segundo o ministro, o grupo de trabalho será constituído nos próximos dias para tratar de todos os detalhes da implementação. A partir do plano elaborado pelo grupo, o MCT garantirá recursos para o instituto.

A criação do Instituto Nacional da Mata Atlântica foi acompanhada de perto pela senadora Ana Rita. Ela relatou o projeto de lei complementar (PLC) na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) e também votou a favor da matéria em todas as demais etapas de tramitação no Senado, além de fazer gestões junto ao Governo Federal e a parlamentares para que a proposta fosse aprovada e sancionada.

O INMA foi criado pela Lei 12.954/2014, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, em 5 de fevereiro deste ano. Com a criação do Instituto o museu foi transferido do Ministério da Cultura (Minc) para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, o que significa mais recursos e investimentos em pesquisa.

“O Espírito Santo era o único estado da região Sudeste que ainda não tinha um instituto de pesquisa nacional. Com a alteração de museu para instituto, o estado ganhou relevância nacional e internacional, uma vez que pesquisadores do Brasil e do mundo poderão realizar pesquisas sobre o bioma Mata Atlântica em terras capixabas”, afirmou a senadora.

Comemoração – Neste sábado (31/5), o Museu de Biologia Mello Leitão que fica na cidade de Santa Teresa, realiza, Às 19h, solenidade para comemorar a criação do Instituto Nacional da Mata Atlântica. O MCT participará do evento com representante. Na ocasião, será apresentado o documentário Descobrindo a Mata Atlântica.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.